quinta-feira, 23 de junho de 2011

SONHO



Como a brisa do vento
o sonho liberta-se

Como o canto dos pássaros
o sonho encanta-se

Como o mergulho dos golfinhos
o sonho inunda-se

Como as raízes das árvores
o sonho instala-se...


(Charlotte)

1 comentário:

  1. Muito bonito!
    "O sonho instala-se" e permanece nas asas da poesia.

    L.B.

    ResponderEliminar