quinta-feira, 22 de março de 2012

O SONHO OUTRA VEZ


às vezes gostava de morar no sonho
lá...onde tudo é mais simples e mais claro
lá...onde as lágrimas são de cristal
lá...onde os sorrisos são pedra


de cristal, porque são frágeis e se quebram
de pedra, porque são fortes e permanecem


sim...o sonho...sempre o sonho!
ao menos esse é fiel às minhas expectativas
caminha sempre comigo
ilumina o meu caminho


o sonho outra vez
porque lá...
as lágrimas se transformam em rio
os sorrisos em flores
e na margem mora a esperança!


(Charlotte)

7 comentários:

  1. Lindo poema e sobre um tema que tanto gosto.muito bom parabens.

    ResponderEliminar
  2. Uma Santa Páscoa, doce e tranquila, é o que desejo na perpetuação de uma vida que se quer sempre feliz!

    Beijinho amigo :)

    ResponderEliminar
  3. não permitas que te roubem os sonhos...

    um beijo de quem tinha saudades de andar por cá :-)

    ResponderEliminar
  4. Olá Tia!

    Obrigada e um beijinho também, com carinho:)
    Gosto muito que andes por cá!

    ResponderEliminar
  5. Um sótão cheio de lembranças
    Escrevi no pó palavras sem nexo
    Retirei uma cartola de uma caixa de cartão
    E senti ao toque o poder da ilusão

    Ilusões…
    Um cavalo de pau perdido ao carrocel
    Uma estola de um bicho qualquer
    Uma escultura talhada a cisel

    Uma foto a preto e branco
    De uma mulher sem rosto
    Uma janela virada para nenhum lado
    Uma traquitana a imitar o sol-posto

    Terno abraço

    ResponderEliminar
  6. Sopram ventos de melancolia
    Transparente é o cinza que a tua alma encerra

    A minha pobreza é a falta de um par de asas
    Encontrei um lugar de reinvenção das sombras
    Pensei virar as costas ao tempo e ao deslumbramento
    E aí houve estranhamente o amanhecer das minhas palavras

    E passei para te deixar


    Um mágico beijo

    ResponderEliminar